Pesquisar este blog

Novidades!!!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

O Assunto é... ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA AO CÉU


CLIQUE PARA VER MAIS IMAGENS

O Assunto é... ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA AO CÉU


*  *  * 

SOBRE A FESTA



DEVOÇÕES 





IMAGENS 



sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Giro de visitas em fotos - Mês de Julho

Olá, estou devendo muitas fotos das visitas do Padre do mês de julho e agosto, eu sei! Mas vamos com calma que vai dar tudo certo, como diz minha filha. rsrs Hoje, vou fazer um pot-pourri de fotos do mês de julho que ainda não publiquei. 



O aniversário do Padre Cardozo é dia 3 de julh0.
O aniversário também foi comemorado em Tiradentes, no dia 2/7
Batizado em Betim, no dia 10 de julho. Veja mais fotos aqui.

Primeira comunhão de Gabriel e Isabeli,
no dia 16 de julho

O casal Ricardo e Rita, de Ipatinga, renovaram as
bençãos matrimoniais no dia 16 de julho

Os cristeros de Barbacena, na visita de 17 e 18 de julho

Um aperitivo da visita a Nanuque, de 30/07 a 1/08.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Está servido o pós-Charlie: Bebês à la Carte

Connie e Chris Gard com o filho, logo após a sua execução, nos jardins do local de execução


 

TRANSUMANISMO 


Traduzi e acrescentei comentários a mais um texto muito bem elaborado do Radiospada. A questão Charlie Gard ainda vai dar pano prá manga. Pensava-se que se tratava de eutanásia (e toda a aborrecida questão se era eutanásia ou ortonásia ou blá blá blá), mas não era! Esta questão já foi superada, pelo menos na Europa, onde há todo tipo de serviço oferecido, com mais ou menos sofrimento, mas que continua sendo a eliminação artificial de um ser humano vivo, ou seja, assassinato de Estado. A questão sobre a execução de Charlie vai além, já é um passo à frente no caminho diabólico de destruição da sociedade, da família e do indivíduo.  

Segundo o Radioespada, que reproduz um artigo do jornal Dailymail, o pequeno Charlie Gard sofreu uma agonia de 12 minutos por sufocamento. Os médicos haviam garantido "apenas" seis. Caros senhores, tentem ficar seis minutos sem respirar. Pois é. Agora, tentem ficar 12 minutos sem respirar. Essa foi a agonia e o sofrimento da "boa morte" aplicada ao menino por ordem de Moloch e pelas mãos do Estado inglês. Segundo o jornal, Charlie arregalou os olhos em sinal de sofrimento agudo e de uma provável reação adversa.  

Vida de São João Maria Vianney

Para conhecer melhor a história de São João Maria Vianney



O futuro Cura d'Ars nasceu na pequena localidade de Dardilly, perto de Lyon, na França, no dia 8 de maio de 1786, de família de agricultores piedosos. Foi consagrado a Nossa Senhora no próprio dia do nascimento, data em que foi também batizado. 

Sua instrução foi precária, pois passou a infância em pleno Terror da Revolução Francesa, com os sacerdotes perseguidos e as escolas fechadas. João Maria tinha 13 anos quando recebeu a Primeira Comunhão das mãos de um sacerdote "refratário" (que não tinha jurado a ímpia Constituição do Clero), durante o segundo Terror, em 1799.(1)

Com a subida de Napoleão e a Concordata com a Santa Sé, foi possível a João Maria iniciar seus estudos eclesiásticos aos 20 anos, terminando-os aos 29, depois de mil e uma contrariedades.

É impossível, nos limites de um artigo, abranger toda a vida apostólica do Cura d'Ars. Por isso limitar-me-ei a abordar um aspecto dela, que foi como transformou a pequena localidade de Ars de modo a tornar-se ponto de admiração de toda a França.

domingo, 6 de agosto de 2017

Noivas de outros tempos: quem casa quer casa!

Uma leitura agradável. Copiei somente o texto, pois as fotos retratam o avanço do Modernismo sobre as famílias. Passo! O texto está escrito em português de Portugal, por isso escrevi umas poucas notas para auxiliar quem não conheça os termos.  

Uma confidência: Eu não precisei fazer o meu enxoval, mas fiz o de minha filha durante a gestação, costurado e bordado à mão: vestidinhos, pagãozinhos, lençóis, fronhas, fraldas de tecido (à época, as descartáveis eram muito caras e usadas mais para passeios fora de casa) e outras tantas. Também costurei, à mão ou na máquina de costura, muitas peças que ela usou na infância. Fiz também algumas peças em crochet para minhas irmãs, quando elas casaram. Quando ainda podia, eu também bordei muitos quadros em ponto cruz e em meio ponto. E eu não precisei fazer meu enxoval porque minha mãe começou nosso enxoval - meu e de minhas irmãs - quando eu tinha uns seis anos de idade: todas as peças eram de linho tecido no tear centenário da Nonna Aurelia, uma vizinha que auxiliava minha mãe em muitas coisas e que também bordava à mão todas as peças (foi ela quem nos ensinou a bordar, aliás!). Outras peças eram compradas de vendedores que passavam de porta em porta; minha mãe juntava troquinhos, tudo o que sobrava, para isso. A vida era mais barata antigamente. Além de Nonna Aurelia, tive outras "mestras" em manualidades, inclusive na escola, onde tínhamos aulas de "aplicações técnicas", em que as meninas aprendiam tudo que era tipicamente feminino: cozinhar, costurar, bordar, pintar, fazer artesanato etc.; e os meninos o que lhes dizia respeito: marcenaria, elétrica, desenho técnico (desde fazer uma planta de uma casa até coisas maiores, fora de casa) e etc. Era o mesmo livro, mas a parte dos meninos era área proibida para nós e vice-versa... rsrs. Bons tempos, sem as confusões da ideologia de gênero que nossas crianças enfrentam hoje. Ao texto. 



Noivas de outros tempos




“Quem casa, quer casa”.

Para haver casamento era necessário construir casa, e era o homem que tinha de pôr de pé a casa que iria albergar a sua futura família.

Tudo o que era recheio da casa, competia à mulher. As mães começavam muito cedo a fazer o enxoval para as filhas porque, para uma casa, é preciso muita coisa e quase nada se comprava feito. 

As raparigas, para além de estarem preparadas para executar todos os trabalhos agrícolas (apanha da azeitona, mondas sachas, ceifas etc.), era importante que soubessem pôr uns fundilhos numas calças e remendar com perfeição. [Muito obrigada, Nonna Aurelia!] 

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Visita do Rev. Pe. Ernesto Cardozo à Missão de Araguatins-TO

De 20 a 26 de julho, o Rev. Padre Cardozo esteve em Araguatins-TO, onde rezou Missas, deu Sacramentos, fez palestras (vide programação abaixo). Aqui apresento algumas fotos representativas. Para ir para o blog "Mariae Mediatrix" que fez uma bela reportagem, cliquem aqui




sexta-feira, 28 de julho de 2017

Agenda das Missas Tridentinas de Agosto 2017

AGENDA DE AGOSTO 2017
REV.  PE. ERNESTO CARDOZO 





01/08 — Terça-feira — Nanuque/MG — 19:30. 

02/08 — Quarta-feira — Ipatinga/MG — 19:30. 
03/08 — Quinta-feira — Ipatinga/MG — 19:30. 
04/08 — Sexta-feira — Ipatinga/MG — 19:30. 
05/08 — Sábado — Ipatinga/MG — 19:30. 
06/08 — Domingo — Ipatinga/MG — 10:30. 
07/08 — Segunda-feira — Ipatinga/MG — 19:30. 
08/08 — Terça-feira — Ipatinga/MG — 19:30. 

09/08 — Quarta-feira — Belo Horizonte/MG — 19:30. 

10/08 — Quinta-feira — Barbacena/MG — 19:30. 
11/08 — Sexta-feira — Barbacena/MG (Retiro) — 19:00. 
12/08 — Sábado — Barbacena/MG (Retiro) — 7:30. 
13/08 — Domingo — Barbacena/MG (Retiro) — 10:30. 
14/08 — Segunda-feira — Barbacena/MG (Retiro) — 7:30. 

15/08 — Terça-feira — Belo Horizonte/MG — 19:30. 

16/08 — Quarta-feira — Campo Grande/MS — 19:30. 
17/08 — Quinta-feira — Campo Grande/MS — 19:30 — Primeiras Comunhões.
18/08 — Sexta-feira — Campo Grande/MS — 19:30. 
19/08 — Sábado — Campo Grande/MS — 19:30. 
20/08 — Domingo — Campo Grande/MS — A confirmar

20/08 — Domingo — Betim/MG — 19:30. 

21/08 — Segunda-feira — Pouso Alegre/MG — 19:30. 

22/08 — Terça-feira — Boituva/SP — 21:00. 
23/08 — Quarta-feira — Boituva/SP — 21:00. 
24/08 — Quinta-feira — Boituva/SP — 21:00. 

25/08 — Sexta-feira — Muzambinho/MG — 19:30. 

26/08 — Sábado — Poços de Caldas/MG — 19:30. 
27/08 — Domingo — Poços de Caldas/MG — 10:30. 
27/08 — Domingo — Pouso Alegre/MG — 19:30. 

28/08 — Segunda-feira — Cachoeira Paulista/SP — 19:30. 

29/08 — Terça-feira — Pouso Alegre/MG — 11:00. 

30/08 — Quarta-feira — Belo Horizonte/MG — 19:30. 

31/08 — Quinta-feira — Ipatinga/MG — 19:30. 


quarta-feira, 26 de julho de 2017

As fotos da visita do Padre Cardozo ao México: Ciudad de México

Última série da viagem do Rev. Pe Cardozo ao México (1 e 2) contempla a visita à Capital: Ciudad de México, à Misión María e José.  Nas próximas, publicarei as frutuosas visitas às Missões Cristo Rei pelo Brasil. 

 


terça-feira, 25 de julho de 2017

As fotos da visita do Padre Cardozo ao México: El Paso y Ciudad Juarez

Em continuação à série de fotos da visita do Rev. Padre Cardozo ao México, hoje publico uma seleção de fotos de El Paso (Misíon Ven. Maria de Agreda) e Ciudad Juarez (Misión María Reina): 


EL PASO



CIUDAD JUAREZ








Charlie Gard e o Santo Ofício

Chega ao fim a história e a vida de Charlie Gard, segundo a vontade do Mundo. Hoje, me parece, sai o veredito definitivo da Corte Inglesa sobre o último pedido dos pais para salvar a vida do inocente. Li que os pais não vão recorrer, li que eles "desistiram", mas, de fato, parece que aos pais foi dada a escolha de decidir se Charlie morrerá sozinho ou na companhia dos pais. É preciso estar nos panos deles para compreender o sofrimento e as razões da decisão deles. Neste caso, sim, não cabe um julgamento. É desumano. Bom, mas se Charlie vai mesmo morrer ou não... quem sabe? O futuro a Deus pertence, precisamos confiar nEle. O que importa é que ele foi batizado. Morrerá católico.  

Posto, hoje, um documento de Santa Romana Igreja acerca da eugenia travestida de eutanasia que está na moda mundo afora e que é a verdadeira razão do assassinato de Charlie Gard. Ele "não serve", é uma vida inviável, sem futuro, um estorvo. Não se encaixa nos padrões estéticos e hedonísticos que o Mundo reclama. Para muitos, nem um ser humano é, pois ainda não tem noção de "existir". Chamam de eutanasia (boa morte, em grego; morte humanitária, hoje em dia) mas não tem nada de bom nisso. É um tipo de morte que costuma ser dolorosa e agônica. A pessoa morre de fome, de sede e de dor. Pode ser rápido - Deus o permita! - , mas pode levar dias, como é público e notório.  

Charlie não é a única criança nessa situação hoje. Nem a última. Moloque exige sacrifícios! Herodes vive. 

E não pensem que no Brasil não se faz, porque se faz. Com crianças e adultos. Sendo informado à família ou não. Assim, por prudência e segurança, façam um testamento biológico no qual possam estabelecer as últimas vontades quando já não puderem falar por si próprios. Falem disso com seus parentes e amigos mais próximos. Um católico deve morrer como católico


DECRETO DO SANTO OFÍCIO SOBRE A EUGENIA: 




“Foi perguntado a esta Suprema Sagrada Congregação se é lícito, por parte da autoridade pública, matar diretamente aqueles que, ainda que não tenham cometido nenhum crime merecedor de morte, todavia, por seus defeitos físicos ou psíquicos, não possam ser úteis à Nação e possam ser para ela um peso, e se estima que possam ser de impedimento a seu vigor e à sua força. Na sessão plenária da Suprema Sagrada Congregação do Santo Ofício, de quinta-feira 27 de novembro de 1940, os Eminentíssimos e Reverendíssimos Cardeais prepostos à tutela da fé e da moral, tendo recebido o voto dos Reverendíssimos Senhores Consultores, assim responderam e decretaram: ‘Não é lícito, por ser contrário à lei natural e ao preceito divino’. 

No domingo seguinte, dia primeiro de Dezembro do mesmo ano, o Santíssimo Senhor nosso Pio pela divina providência Papa XII, na costumeira audiência concedida ao Excelentíssimo Senhor Assessor do Santo Ofício, aprovou a decisão dos Eminentíssimos Padres e ordenou a sua publicação. 

Dado em Roma, junto ao Palácio do Santo Ofício, no dia 2 de dezembro de 1940.” 


segunda-feira, 24 de julho de 2017

As fotos da visita do Padre Cardozo ao México: Chihuahua

Finalmente, consigo postar a primeira série de fotos da viagem do Rev. Padre Cardozo ao México. Começarei por Chihuahua onde há a gloriosa Misión Cristo Rey. As fotos são sempre muitas, assim resolvi fazer um "resumo". 


Clique para aumentar as fotos

O RETIRO



AS MISSAS 



O CASAMENTO 



AS PRIMEIRAS COMUNHÕES 


A DESPEDIDA




ENTENDEDORES... ENTENDERÃO! 




Siga a AGENDA DE MISSAS aqui.  

Um belo testemunho sobre a Santa Missa

Estou devendo as fotos da viagem do Rev. Pe. Cardozo pelo México e da retomada das viagens dele pelo Brasil. Mas, antes, quero compartilhar com vocês uma história que ele me enviou “algo bonito que escreveu uma fiel de Barbacena, por causa da Missa que demos na capela da polícia”. Aqui está (grifos meus): 

Amados hoje nós tivemos uma experiência muito feliz com a santa Missa. E eu gostaria de partilhar com vocês. Foi uma amiga minha pela primeira vez para poder participar da Santa Missa. Eu procurei me sentar ao lado dela para poder dar um apoio, porque ela nunca havia ido. Inclusive, a Helenice, em um dado momento, perguntou a ela se ela estava entendendo o que o padre dizia. Ela respondeu que estava entendendo muito pouco, por causa do sotaque. Normal, né gente? Eu ia procurando mostrar para ela no livrinho, em que parte da Santa Missa que estava. Eu fiquei muito preocupada, com medo de ela não estar gostando, porque a gente quer que todo mundo goste, como a gente gosta. Mas eu achei que ela não estava entendendo nada 😁. E realmente não estava rssss Mas a profundidade do Mistério é tão grande que penetra a alma da pessoa mesmo sem entender. Ao final, quando ela se despediu de mim, eu falei para ela que da próxima vez ela compreenderia melhor porque hoje tinha sido a primeira vez, era normal ela ter ficado meio voando. Qual não foi o meu espanto quando ela me revelou o seguinte. Ela disse: 

“Eu nunca comunguei com tanta consciência do que estava acontecendo, nunca comunguei com tanto peso no coração, porque eu compreendi... Eu via ali a Face de Nosso Senhor sangrando, eu via no Altar as dores de Nosso Senhor. Eu nunca senti isso em outro lugar. Foi a primeira vez. Eu até chorei. E quando tiver outra eu quero ir. Só não vou ao retiro por causa de compromissos em casa. Mas gostei muito de tudo apesar de não ter entendido a metade”. 

Deus seja louvado em Sua glória por esses grandes testemunhos de Fé.  



      

sexta-feira, 14 de julho de 2017

BULA QUO PRIMUM TEMPORE

Em 14 de julho de 1570, São Pio V publica a Bula Quo Primum Tempore, pela qual fixa a forma da Missa Católica afirmando a sua perpetua intangibilidade. 

A importância dessa Bula - um documento curto e simples - é primordial para salvaguardar a Missa e a Fé.  

Como eu sempre digo: A Fé é mais importante do que a Missa, porque sem a Missa podemos guardar a Fé com a oração, mas sem a Fé... de que adianta a Missa? Fato é que a Missa pode destruir a Fé do melhor dos católicos. Não a Santa e verdadeira Missa católica, claro! Mas as imitações, os simulacros, as enganações, como a Motumissa, a Missa "autorizada" por Bento XVI e que muitos que desejam ser católicos seguem por certa ignorância de catecismo básico e, também, da existência e perene validade desta BULA

A par do fato de a Igreja moderna/conciliar/modernista/neoluterana não ter AUTORIDADE para mudar uma vírgula da liturgia católica, devemos lembrar que, nesta BULA, São Pio V decreta: 
"E a fim de que todos, e em todos os lugares, adotem e observem as tradições da Santa Igreja Romana, Mãe e Mestra de todas as Igrejas, DECRETAMOS E ORDENAMOS que a Missa, NO FUTURO E PARA SEMPRE , não seja cantada nem rezada DE MODO DIFERENTE DO QUE ESTA''. 
"Roma Locuta est, Causa Finita Est"


E por que a Motumissa não é católica?  

Primeiro, por que não segue o Missal de São Pio V, mas o de Paulo VI; portanto, é "cantada ou rezada de modo diferente" do que estabelecido ad aeternum por São Pio V. Sendo assim... como pode ser uma Missa Católica? 

Segundo, por que, no Motu proprio, a "missa em latim" é chamada de "extraordinária", reafirmando que a missa criada pós-CVII, a Novus Ordo, é a missa "ordinária" da "Igreja Católica", ou seja, a missa que deve ser rezada sempre nas "igrejas católicas". Mais uma vez, jogaram esta BULA no lixo. Como pode ser uma Missa Católica? 
Lembrando que o negociador de Francisco, ao falar com Fellay, deixa claro que os Padres da Neofrat, ao integrar-se à Igreja do Novus Ordo, terão que rezar ORDINARIAMENTE a missa nova e EXTRAORDINARIAMENTE a missa do Motu Proprio Summorum Pontificarum (a Motumissa), não a Missa Tridentina ou de São Pio V ou de sempre. Capito ou preciso desenhar? 
Leiam  "Por que não ir à missa do motu proprio": aqui. 


*   *   *


E por que a Missa Novus Ordo ou Missa Nova não é católica? 

Por uma razão maior ainda que a Motumissa, a qual pelo menos guarda uma semelhança externa, que é mera representação sem essência. A Missa Nova - em vernáculo, de frente para o povo etc. e tal - é "cantada e rezada de modo diferente", muito mais diferente do que a Missa Tridentina!!!  

Leiam as 62 razões para não assistir à Missa Nova: PDF. 


*   *   *


Enfim, sua alma sua palma... Não diga que não foi avisado. 

Encerro, lembrando que a Bula pode ser adquirida no site da Editora Cristo Rei, que, de hoje e até o dia 31 de julho, em homenagem a esta data ESPECIALÍSSIMA da Igreja, estará fazendo uma promoção especial também. Veja aqui.  
(*) Observação importante!: Este merchandising é para apoiar o apostolado da Editora, que é nobre e piedoso

Leiam mais sobre São Pio V, aqui.   

Viva São Pio V! Viva Cristo Rei! 

domingo, 9 de julho de 2017

CAMPANHA CALENDÁRIO 2018

 

CAMPANHA CALENDÁRIO 2018 




Este ano, decidimos pedir a sua colaboração para a edição do Calendário 2018.  

Precisamos da contribuição de nossos leitores, em forma de DOAÇÃO GRATUITA ou COM RECOMPENSAS, conforme listado abaixo.   

Não vamos recorrer a sites de crowdfunding (financiamento coletivo) por razões bem simples: (1) não são tão eficazes como parecem, (2) há uma variedade de exigências que, para um apostolado, são mais um obstáculo do que uma ajuda, e (3), o que mais interessa, cobram taxas por isso. 

Como a Editora Missões Cristo Rei é um apostolado sem fins lucrativos, que visa à edição e reedição de obras católicas, não encontramos nenhum site desse tipo que fosse conveniente ao nosso propósito. Por isso, estamos aqui pedindo o vosso dinheiro. Precisamos de vosso patrocínio!   

Participem de nosso projeto, doem o que estiver a vosso alcance para apoiar ao apostolado da Editora Missões Cristo ReiVocês podem ajudar também compartilhando este projeto em vossas redes de relacionamento e, se puderem, rezando por nosso trabalho a serviço de Deus.  

Para quem ainda não conhece nosso Calendário, vejam o exemplo do mês de julho de 2017 em PDF: aqui.  

Preparamos o Calendário com bastante antecedência, pois fazemos uma extensa pesquisa de imagens e uma rigorosa conferência dos dados que estão publicados. De fato, o Calendário é ricamente ilustrado e as imagens podem ser recortadas e emolduradas. O Calendário vem com os santos, domingos e as festas litúrgicas e, quando necessário, uma breve explicação do ano litúrgico. Esse tipo de calendário quase não se encontra mais, porque já não se tem essa preocupação com imagens sacras piedosas e belas, ou em informar os santos e festas no calendário. 

O Calendário 2018 terá o mesmo tamanho do que editamos este ano: 28x41. Mas melhoramos algumas coisas, por exemplo a espessura das capa e das folhas para evitar que os Correios danifiquem o calendário, como fizeram em algumas entregas este ano. O acabamento do wire-o já foi melhorado. O tema ainda é uma surpresa (vamos evitar espionagem industrial!, rs), mas as imagens já estão quase todas escolhidas. É sempre uma dificuldade reduzir as opções para apenas 13 imagens (12 meses mais a capa).  

Ajudem comprando uma recompensa, fazendo uma doação e compartilhando o link desta campanha entre seus contatos, em seu blog/site, em suas redes sociais, nos grupos e contatos do whatsaapp: https://goo.gl/b1PLez. Ajude também com suas orações para que esta campanha seja exitosa. Deus lhes recompense!!! 






RECOMPENSA 1 -ou clique aquiApoie este projeto com R$25,00 e receba: 1 Calendário 2018 + uma imagem de Nossa Senhora (*) + agradecimento nas redes sociais (***). O Calendário já deve estar disponível em 1 de novembro de 2017


RECOMPENSA 2   ou clique aquiApoie este projeto com R$50 e receba: 1 Calendário 2018 1 Terço do Sagrado Coração + uma imagem de Nossa Senhora (*) + agradecimento nas redes sociais (***)O Calendário já deve estar disponível em 1 de novembro de 2017


RECOMPENSA 3 -ou clique aqui. Apoie este projeto com R$100 e receba: 1 Calendário 2018 1 Terço do Sagrado Coração + uma imagem de Nossa Senhora (*) + 1 livro da Editora à sua escolha (**) + agradecimento nas redes sociais (***)O Calendário já deve estar disponível em 1 de novembro de 2017.


DOAÇÃO de R$500,00 -ou clique aquiDoe R$500,00 para nossa campanha! A sua colaboração é muito importante para este projeto! Doando, você nos ajuda a alcançar nosso objetivo mais rápido!


DOAÇÃO LIVRE - ou clique aquiDoe um valor à sua escolha. Qualquer ajuda é bem vinda! 


Se desejarem contatar a Editora para esclarecer dúvidas ou escolher uma das opções abaixo ou até mesmo oferecer outro valor, entre em contato


Viva Cristo Rei! 

Giulia d’Amore 
Editora Missões Cristo Rei 


Confiram outros produtos da Vitrine da Editora Missões Cristo Rei.  



___________________________________________ 
(*) As imagens de Nossa Senhora disponíveis estão no blog Sacra Galeria. Escolha uma e nos consulte para ver se tem boa nitidez para uma impressão do tamanho: 20x40
(**) Escolha aqui.  
(***) Se preferir o anonimato, nos avise por e-mail, após comprar a recompensa. 

 

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA