Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de outubro de 2014

7 de outubro: Festa do Santíssimo Rosário

Não sabe rezar? Esqueceu? clique aqui e aprenda!
  

A celebração da Festa do Santíssimo Rosário [*] foi instituída por São Pio V para reverenciar a Virgem Maria, generalíssima dos exércitos da Santa Liga e para recordar perpetuamente a vitória obtida pela frota Cristã em 7 de outubro de 1571, nas águas de Lepanto, num desigual encontro com a poderosa armada turca (leia-se, muçulmana). O piedoso pontífice, dominicano, foi advertido miraculosamente do feliz resultado enquanto estava absorto na recitação do Santo Rosário. 






 
  

Como bom filho de São Domingos, que havia inculcado tal devoção em seus frades pregadores, o Papa recitava cotidianamente o assim chamado “Saltério da Virgem”, oração simples, mas não monótona — assim como não aborrece uma simples palavra de amor repetida seguida e imutavelmente à pessoa amada.

Nos conventos da gloriosa era medieval, os irmãos leigos, que tinham pouca familiaridade com o latim, eram dispensados da recitação do Ofício, que era substituído pela recitação do Rosário, de 150 ave-marias e 15 pai-nossos, para cuja contagem São Beda, o Venerável, havia sugerido a adoção de um colar de grãos passados em um cordão.


Depois da célebre aparição da Virgem a São Domingos, que lhe mostrou a “coroa do rosário” como arma para derrotar as heresias, surgiram várias Confrarias do Rosário, em várias nações da Europa. Também as missões dos frades pregadores no Extremo Oriente foram promovidas sob o signo do Rosário, porque esta oração, disse-lhes são Domingos, “é uma pedra preciosa no tesouro da Igreja”.

A recitação do rosário, já apoiada pelo Santo pontífice Pio V, foi estendida à Igreja universal em 1716, porque ela compreendia, em certo sentido, todas as festas da Virgem e a vida do Redentor, ao qual Maria foi associada como Co-Redentora. Nos 15 mistérios são propostos aos cristãos outros tantos temas de meditação sobre a vida de Jesus e de Maria. O Rosário deve ser recitado preferivelmente à noite, por toda a família reunida, animada por um único espírito de oração.  







"Imitemos o que estes Mistérios contém para que alcancemos o que prometem"

 

A Festa  do Santíssimo Rosário é uma glorificação da Santíssima Virgem por causa da proteção que ela concede à Igreja pela recitação do Rosário. É necessário distinguir a oração do Rosário da "festa do Rosário". O Rosário é uma oração que nasceu do amor da Idade Média por Maria.  Esta oração foi instituída por S. Domingos a quem a Mãe de Deus a recomendara como uma arma de proteção na luta contra os Albigenses. O Papa dominicano São Pio V animou vivamente a prática da recitação do Rosário, que em breve se tornou a oração popular predileta da Cristandade. Ele recebeu da Igreja as melhores aprovações e foi enriquecido por muitas indulgências. 





Duas importantes leituras: um documento da Igreja - o 1º - sobre o Santíssimo Rosário e um discurso de um Papa aos esposos:   






Leia também:




clique na imagem abaixo para ver mais imagens sobre o tema

 







[*] É a "Festa do Santíssimo Rosário" e não "Festa de Nossa Senhora do Rosário", como pretende a igreja pós-conciliar, querendo destruir todas as defesas que a Graça nos deu contra o Inimigo e os inimigos da Igreja Católica.  

Vide também: http://farfalline.blogspot.com/2016/10/o-assunto-e-o-santissimo-rosario-de.html

   
Ajude o apostolado do Rev. Pe. Cardozo, adquirindo alguns dos itens do Edições Cristo Rei, encomendando Missas (consulte a espórtula diretamente com o rev. Padre), ou fazendo uma doação aqui:

+
Informe aqui o seu e-mail para receber as publicações do PALE IDEAS: Delivered by FeedBurner

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é CATÓLICO. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se reservam o direito de publicar ou não.

COMENTE aqui. Para outros assuntos, use o formulário no menu lateral. Gratos.

ABORTO - O GRITO SILENCIOSO

CONHEÇA O NOVO SITE DA EDITORA